BRASIL, Mulher, de 08 a 12 anos, Portuguese, Animais, Arte e cultura, Ler, Cinema, Computador...

 

   

    BOL - E-mail grátis
  Blog Infantil
  O Mundo Encantado de Cecília Meireles
  Amor pelos Animais
  muitos desenhos © mariana massarani


 

    11/02/2007 a 17/02/2007
  21/01/2007 a 27/01/2007
  14/01/2007 a 20/01/2007
  07/01/2007 a 13/01/2007
  24/12/2006 a 30/12/2006
  17/12/2006 a 23/12/2006
  01/10/2006 a 07/10/2006
  24/09/2006 a 30/09/2006


 

   

   


 
 
Diário de Bia



Incrível!

Os Cachorros e a Matemática

Em matéria publicada na revista New Scientist, cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, afirmam que os cães utilizam diversos tipos de latidos para se comunicar e, possivelmente, são capazes de contar objetos.

Os cientistas gravaram os latidos de dez cachorros de seis raças distintas. Segundo eles, cada cachorro emite sons diferentes em situações diversas. Um único latido alto significa "para onde foi meu dono?", enquanto latidos mais baixos indicam a aproximação de um estranho.

A idéia de que os cachorros são capazes de contar é bem mais controversa. Um segundo estudo sugere que os cães são dotados de habilidades matemáticas básicas que os permite perceber, por exemplo, se uma pilha de objetos é diferente de outra.

O cientista Robert Young, da Pontifícia Universidade Católica de Belo Horizonte/MG, testou a tese com cachorros vira-latas. Ele mostrava aos cães uma pilha de objetos. Em seguida, cobria os objetos com uma tela e alterava ou não sua quantidade.
De acordo com os cientistas, quando percebiam que os objetos haviam sido alterados numericamente, os cachorros os encaravam por mais tempo.
Para o cientista, que tem PhD em comportamento animal, o fato de os cães estranharem o aumento ou a diminuição do número de objetos indica que eles percebem a variação de quantidade e, portanto, "podem contar".

Mas alguns cientistas receberam com ceticismo as conclusões de Young. Para a também especialista em comportamento animal, Érica Peachey, o apurado olfato canino pode ter influenciado os resultados do experimento.

Revista Repórter Fecesp


Escrito por Bia às 19h42
[   ] [ envie esta mensagem ]





[ ver mensagens anteriores ]